Israel Simonton/Ceará
Israel Simonton/Ceará

Após eliminação na Copa do Brasil, Ceará foca na reabilitação na Série A

Equipe entra em campo na 15.ª posição, com apenas um ponto a mais que o Vasco, primeiro time na zona de rebaixamento

Redação, Estadão Conteúdo

22 de novembro de 2020 | 13h13

A eliminação nas quartas de final da Copa do Brasil, para o Palmeiras, já faz parte do passado no Ceará. Todas as atenções agora estão voltadas para o Campeonato Brasileiro e o time alvinegro volta a campo neste domingo, contra o Atlético-MG, às 16 horas, no Castelão, pela 22.ª rodada.

No Brasileirão, o Ceará não vive um bom momento e teve apenas uma vitória nos últimos cinco jogos. Ainda com uma partida pendente do primeiro turno, o alvinegro cearense, que tem 24 pontos, se aproximou da zona de rebaixamento.

Apesar de ter lamentado a queda na Copa do Brasil, o técnico Guto Ferreira acredita que agora vai ter mais tempo para ajustar o time em busca dos seus objetivos no Brasileirão: primeiro a permanência e depois uma vaga na Copa Sul-Americana.

"Agora o calendário tende a ficar um pouquinho melhor. De repente vamos ter condições de trabalhar o que até agora não tivemos chance", explicou o treinador, lembrando que o jogo contra o Palmeiras foi o 38.º do Ceará desde que o futebol voltou após a paralisação por conta da pandemia.

A única dúvida de Guto está na zaga. Luiz Otávio deixou o jogo de quarta-feira diante do Palmeiras, no empate por 2 a 2, reclamando de dores e ainda não sabe se vai ter condições. Se for vetado, Eduardo Brock, recém-recuperado da covid-19, será o companheiro de Tiago Pagnussat.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.