Divulgação
Divulgação

Após eliminação no Gaúcho, Roger promete Grêmio mobilizado

Quarta-feira a equipe enfrentará o Rosario Central pela Copa Libertadores

Estadão Conteúdo

25 de abril de 2016 | 10h35

A decepcionante eliminação nas semifinais do Campeonato Gaúcho, definida mesmo com a vitória por 3 a 1 sobre o Juventude, no último domingo, não terá efeitos na participação do Grêmio na Copa Libertadores. É o que espera o técnico Roger Machado, destacando a necessidade de o time se mobilizar para o duelo de quarta-feira com o Rosario Central, em casa, pelas oitavas de final do torneio continental.

"Espero que pouco ou nenhum reflexo dessa eliminação doída a gente leve para quarta. Hoje, nos permitimos ficar decepcionados, mas amanhã temos que nos mobilizar porque estamos em uma competição de peso", disse.

Após perder por 2 a 0 em Caxias do Sul, o Grêmio lutou muito no último domingo e até conseguiu uma vitória por dois gols de diferença, mas acabou sendo eliminado por ter levado um gol fora de casa. Analisando essa situação, Roger avaliou que não ter marcado um gol no Alfredo Jaconi, na última quinta-feira, acabou complicando a situação da sua equipe.

"Acho que é um ponto a se considerar, não pela derrota em Caxias, mas por não fazer gol fora de casa, em razão do regulamento. Mas hoje conseguimos reverter o placar, fizemos um jogo compatível com o nosso desejo de reverter a vantagem deles", afirmou.

Roger, porém, tentou minimizar o vacilo do sistema defensivo gremista no gol marcado pelo Juventude no último domingo. "Foi uma desatenção na saída de bola, a gente não voltou marcando pelo setor esquerdo, fora a finalização que desviou e enganou o Marcelo. Mas é um detalhe. Nós criamos chances para reverter a vantagem do adversário", comentou o treinador gremista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.