Após eliminação, Pintado deixa comando do Mirassol

Treinador afirma que já tem propostas para trabalhar em outras equipes do futebol brasileiro

Agencia Estado

22 de abril de 2009 | 18h40

MIRASSOL - Após ser eliminado da briga pelo Título do Interior do Campeonato Paulista, no domingo, o técnico Pintado anunciou nesta quarta-feira que deixará o comando do Mirassol, que se prepara para disputar a Série D do Campeonato Brasileiro.

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão 

"Recebi uma boa proposta para renovar com o Mirassol. A princípio tenho seis clubes na mira para trabalhar, inclusive um da Série A do Brasileiro. Não adianta eu acertar e depois ter que deixar a agremiação na metade do caminho", afirmou o treinador.

Pintado, porém, não descartou retornar ao clube em 2010. "O mais importante neste momento é que as portas estão abertas e quem sabe para o Paulistão, de 2010, devo voltar. Tudo vai depender dos dirigentes", explicou.

Sob o comando do técnico, o Mirassol realizou sete jogos pelo Paulistão e dois pelo Título do Interior. Foram cinco vitórias, dois empates e duas derrotas. A última ocorreu neste domingo para o Barueri, por 5 a 3. Com o revés, o time perdeu a chance de disputar o Título do Interior do estadual, contra a Ponte Preta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.