Após eliminação, técnico deixa seleção da Polônia

No mesmo dia em que foi eliminada da Eurocopa, após a derrota por 1 a 0 diante da República Checa, a seleção polonesa perdeu seu treinador. Horas após a partida deste sábado, o técnico Franciszek Smuda confirmou que não renovará seu contrato, que se encerra ao fim da competição continental.

AE-AP, Agência Estado

16 de junho de 2012 | 20h03

Smuda tem 63 anos e estava no comando da seleção polonesa desde 2010. Ele disse que a "aventura com a equipe nacional está acabando" e negou que tenha decidido deixar a equipe por causa da eliminação da competição.

"Eu não preciso rescindir meu contrato porque o vínculo tinha fim previsto para quando acabasse a Eurocopa. O contrato acaba porque eu tenho um acordo verbal com os dirigentes da Associação Polonesa de Futebol e sei o que vai acontecer", declarou.

A eliminação na Eurocopa causou grande decepção na Polônia, justamente por ser o país-sede do torneio, ao lado da Ucrânia. A seleção terminou a primeira fase com apenas dois pontos no Grupo A e, em três partidas, conseguiu apenas dois empates.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.