Após empate, diretoria do Atlético-PR anuncia saída do técnico Doriva

Equipe paranaense não saiu do 0 a 0 com o Bahia, na Arena da Baixada, e é a nona colocada do Brasileirão, com 24 pontos

O Estado de S. Paulo

24 de agosto de 2014 | 21h46

Na noite deste domingo, logo após o empate sem gols com o Bahia, na Arena da Baixada, a diretoria do Atlético-PR anunciou a rescisão do contrato do técnico Doriva. Assim, a equipe paranaense volta a ser comandada pelo interino Leandro Ávila, que já teve que substituir Miguel Ángel Portugal no meio do ano.

Foram apenas oito as partidas de Doriva no comando do Atlético-PR, mas o retrospecto não foi dos melhores, o que culminou na demissão. O treinador chegou no dia 16 de junho para assumir a equipe após a Copa do Mundo, mas conquistou apenas três vitórias, dois empates e amargou três derrotas, fechando sua curta passagem com 45,83% de aproveitamento.

Mesmo assim, a situação do Atlético-PR na tabela do Brasileirão ainda não é preocupante. A equipe está na nona colocação, com 24 pontos, mas fica cada vez mais distante do G-4, que ao fim da 17.ª rodada tem Cruzeiro - líder isolado -, São Paulo, Internacional e Corinthians.

O técnico interino terá pela frente o jogo contra o Goiás, no próximo domingo, no Serra Dourada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.