Arthur Dallegrave/Juventude
Arthur Dallegrave/Juventude

Após empate do Grêmio, Maicon desabafa: 'Ninguém desaprendeu a jogar'

Tricolor amplia má fase após não sair do 0 a 0 diante do Juventude

Redação, Estadão Conteúdo

23 de maio de 2019 | 00h06

O volante Maicon enalteceu o desempenho gremista no empate sem gols diante do Juventude, no Alfredo Jaconi, nesta quarta, pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, mas não escondeu o desapontamento pela sequência de maus resultados da equipe após a conquista do título gaúcho.

"Tem que ter tranquilidade, voltar a fazer o que fazia antes. Ninguém desaprendeu a jogar. Uma equipe que vence várias competições, é normal oscilar. Não queremos isso, mas acontece. As grandes equipes da Europa passam isso. O torcedor nos apoia bastante, vamos voltar a jogar o futebol que sabemos que o Grêmio joga", afirmou o volante.

Maicon ainda fez uma breve análise do desempenho do Grêmio na partida e afirmou que uma vitória vai dar tranquilidade necessária para a equipe voltar a jogar bem.

"Jogo complicado, aqui é difícil jogar, hoje não fizemos uma grande partida, mas brigamos, corremos, competimos. Viemos de uma situação complicada no Brasileiro, temos que voltar a vencer o quanto antes para dar tranquilidade. É o espírito, temos que brigar até o final. Importante acreditar que pode vencer o jogo. Copa do Brasil é jogo mais disputado, não tem chance de recuperar depois. Tem mais 90 minutos em casa, vamos fazer de tudo para passar de fase", completou.

Passado a Copa do Brasil, o Grêmio vai tentar encerrar a série negativa no Campeonato Brasileiro neste sábado, no duelo diante do Atlético Mineiro, marcado para este sábado, às 19h, na Arena do Grêmio, pela sexta rodada. A equipe da capital gaúcho ocupa a penúltima posição, com apenas dois pontos.

JUVENTUDE

Pelo lado do Juventude, Vidal destacou o empenho do time diante de uma equipe cotada para conquistar o título da Copa do Brasil. "Nosso time veio com a proposta de se entregar muito, sabia que seria difícil, o Grêmio é uma equipe qualificada. Quando a técnica não prevalece, tem que ser na vontade. Vai no sacrifício mesmo para ajudar os companheiros", finalizou.

O Juventude volta a campo no próximo sábado, às 18h, diante do São José, no Estádio Passo D'Areia, pela quinta rodada da Série C do Brasileiro. O time é vice-líder do Grupo B, com os mesmos oito pontos do líder Volta Redonda.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGrêmioMaiconCopa do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.