Arquivo/AE
Arquivo/AE

Após empate, Keirrison comemora gol na casa do ex-rival

Atacante afirma que derrota do Palmeiras para o Atlético-PR seria injusta pela garra demonstrada

JÚLIO CÉSAR LIMA, Agencia Estado

20 de junho de 2009 | 19h28

O atacante Keirrison era um dos atletas que mais festejaram o empate de 2 a 2, neste sábado, com o Atlético Paranaense. Apesar de ter defendido o rival Coritiba por muitos anos, Keirrison nunca havia marcado um gol na Arena da Baixada.

 

Veja também:

linkApós empate, Keirrison comemora gol na casa do ex-rival

linkLuxemburgo destaca força de reação do Palmeiras

linkPalmeiras consegue empate heroico contra o Atlético-PR

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela / tabela Classificação

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Fico muito feliz de ter marcado esse gol. Joguei muito pelo Coritiba, mas o importante que agora foi defendendo o Palmeiras e em uma partida que lutamos muito e seria injusto outro resultado", afirmou, após o duro empate arrancado somente nos acréscimos da partida.

Criticado pelas fracas atuações na Copa Libertadores, Keirrison recebeu elogios do goleiro Marcos. "Atacante é assim mesmo. Às vezes fica 89 minutos sem fazer nada, mas consegue marcar o gol e é assim mesmo. O Keirrison é um atacante fantástico e a responsabilidade do que acontece em campo tem que ser dividida com toda a equipe", declarou.

Marcos também destacou o conjunto e a força de vontade da equipe, que entrou pressionada pelos recentes protestos da torcida e da pressão pelo resultado. Na quarta-feira, o Palmeiras foi eliminado da Libertadoras após empate sem gols com o Nacional, no Uruguai.

"O Danilo não podia jogar hoje por ser jogador do Atlético e então mudou o posicionamento do nosso time e, depois do jogo do Nacional, fizemos um único treino. Não tivemos condições para treinar, mas o Palmeiras e o Atlético jogaram bem. Foi um jogo muito aberto e qualquer um poderia ganhar", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.