Cesar Greco / Ag. Palmeiras
Cesar Greco / Ag. Palmeiras

Após empate, palmeirenses admitem que chances de título praticamente acabaram

Dudu valoriza o segundo lugar e diz que time tem que 'terminar o campeonato bem'

Redação, Estadão Conteúdo

17 de novembro de 2019 | 19h44

O Palmeiras é a única equipe do Campeonato Brasileiro que matematicamente pode tirar o título do Flamengo. Mas precisa vencer todos os seus cinco jogos restantes e torcer para o rival somar no máximo um ponto nas quatro partidas que ainda fará pela competição. Ou seja, uma missão quase impossível na reta final do torneio.

Neste domingo, o time paulista apenas empatou contra o Bahia por 1 a 1, pela 33ª rodada, em Salvador, e viu o líder Flamengo vencer o Grêmio por 1 a 0 e ampliar a vantagem na ponta da competição. Agora o time paulista tem 68 pontos, contra 81 do rival. Nos cálculos para buscar a taça, o clube alviverde pode dar o título de bandeja para o rival caso não vença o Grêmio, no próximo domingo, em São Paulo.

"Enquanto tiver chances a gente tem de lutar, né? Mas a gente sabe que está muito difícil, que é muito complicado, não pode ficar se enganando à toa. Tem de terminar o campeonato bem, na segunda colocação, que é importante para o clube e também para a gente", explicou o atacante Dudu.

Por causa da final da Copa Libertadores contra o River Plate, neste sábado, o Flamengo já fez a sua partida pela 34.ª rodada do Brasileirão. Então, no dia seguinte que enfrentará o time argentino em Lima, no Peru, a equipe carioca poderá ser campeã nacional sem entrar em campo caso o Palmeiras não ganhe do Grêmio.

Em caso de resultado positivo do time alviverde no estádio Allianz Parque, a decisão do título ficará para a 35.ª rodada. Nela, o Flamengo enfrentará o Ceará, no Maracanã, na quarta-feira, dia 27, e se vencer ficará com o troféu, independentemente do resultado do Palmeiras no dia seguinte, quando visitará o Fluminense.

O técnico Mano Menezes não desistiu de tentar o título, mas sabe que o ótimo aproveitamento do Flamengo não permite que o Palmeiras se aproxime. "Todos viram a campanha do Flamengo. Mesmo com todas alterações, foi a Porto Alegre e venceu o Grêmio. Sabemos interpretar as diferenças no campeonato. Temos de fazer avaliações da nossa campanha, é o que estamos fazendo", comentou.

Após um primeiro tempo ruim, quando teve pouca criatividade e sofreu um gol de falta nos acréscimos, o Palmeiras reagiu na etapa final, teve boas chances, chegou ao empate com Borja e por pouco não virou a partida. "O Flamengo perdeu de 3 a 0, não é fácil jogar aqui. Fizemos um segundo tempo muito acima e merecíamos ter vencido", disse Mano Menezes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.