Após empate, Rogério Ceni evita falar em 'caça' ao Cruzeiro

São Paulo volta a campo no Campeonato Brasileiro no próximo domingo, contra o Sport, no estádio do Morumbi

Daniel Batista, O Estado de S. Paulo

31 de agosto de 2014 | 18h37

O objetivo do São Paulo diante do Figueirense era vencer para se manter próximo do líder Cruzeiro e o empate por 1 a 1, obtido neste domingo, em Florianópolis, faz com que a equipe fique nove pontos de distância do primeiro colocado (42 a 33) do Campeonato Brasileiro. Para o goleiro Rogério Ceni, o momento não é de se falar em disputa com a equipe mineira na luta pelo título nacional.

"É difícil falar do Cruzeiro neste momento. Nossa realidade é tentar ficar o mais alto possível na tabela, pois temos um confronto contra eles ainda, no segundo turno, e podemos nos aproximar se ganharmos em casa. Caso não consigamos fazer o resultado contra eles, é porque não temos condições de brigar pelo título", analisou o goleiro tricolor, autor do gol de empate em Florianópolis.

O São Paulo volta a campo no Campeonato Brasileiro no próximo domingo, para enfrentar o Sport, às 16h, no Morumbi. Antes, o time tenta se classificar na Copa Sul-Americana diante do Criciúma, quinta-feira, às 20 horas, no Morumbi. No primeiro jogo, o time tricolor perdeu por 2 a 1, em Santa Catarina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.