Após empréstimo, Deola rejeita ser reserva no Palmeiras

Contrato do goleiro com o Vitória terminou e ele não sabe onde vai jogar em 2013

Daniel Batista, Agência Estado

13 de dezembro de 2012 | 16h17

SÃO PAULO - Um dos destaques do Vitória na Série B do Campeonato Brasileiro, o goleiro Deola teria de voltar ao Palmeiras para a próxima temporada, mas isso não deve acontecer. Em entrevista exclusiva, o goleiro fala sobre o seu futuro e embora diga que ainda não definiu o seu futuro, ele não deseja retornar para ser reserva.

"Tenho contrato com o Palmeiras e meu vínculo com o Vitória acabou no dia 30 de novembro. Não sei o que vai acontecer. Meu procurador está conversando com o César Sampaio (gerente de futebol do Palmeiras) para ver o que é melhor para todo mundo", explicou o goleiro.

O técnico Gilson Kleina gostaria de contar com Deola, mas a contratação de Fernando Prass faz com que as chances dele ser titular diminuam bastante. A tendência é que Deola seja emprestado novamente para outro clube.

O próprio Vitória e o Vasco admitiram interesse em sua contratação. "Difícil falar do futuro. Tenho uma vida no Palmeiras, mas peguei carinho pelo Vitória e outras coisas podem acontecer também. Ainda estamos conversando para decidir o futuro."

Sobre a possibilidade de ser reserva no Palmeiras, Deola desconversou, mas admitiu que seria difícil conviver com o banco de reservas. "Às vezes você se sente útil mesmo sendo o segundo, terceiro ou quatro goleiro, depende do ambiente. Mas é claro que nenhum jogador se contenta em ser reserva e quer jogar."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasVascoDeola

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.