Wilton Junior/Estadão
Wilton Junior/Estadão

Após erro em gol do Fluminense, Arrascaeta pede desculpas: 'Seguirei trabalhando'

Erro do meia permitiu o gol que garantiu a classificação tricolor para a final da Taça Guanabara

Redação, Estadão Conteúdo

15 de fevereiro de 2019 | 09h58

Vilão na derrota do Flamengo no clássico contra o Fluminense, na noite de quinta-feira, no estádio do Maracanã, pela semifinal da Taça Guanabara - o primeiro turno do Campeonato Carioca -, o meia Arrascaeta pediu desculpas à torcida. Aos 47 minutos do segundo tempo, o uruguaio errou um passe e permitiu o contra-ataque tricolor que resultou no gol de Luciano.

Sem falar com a imprensa no Maracanã, Arrascaeta usou as suas redes sociais para se desculpar pela falha. "Hoje (quinta-feira) tenho que viver um momento de tristeza e frustração, mas seguirei trabalhando forte pra ajudar meus companheiros e retribuir todo o carinho a nossa torcida", escreveu o uruguaio misturando espanhol e português.

O técnico Abel Braga saiu em defesa do uruguaio. "A gente não pode crucificar ninguém. Nossa maior preocupação neste momento é não deixar que essa derrota caia nos ombros do Arrascaeta. Eu vou fazer de tudo para isso acontecer. Foi infeliz num lance, mas não é isso que vai tirar seu valor. Esse jogador precisa ser acarinhado", afirmou o treinador.

Quem falou ainda na saída do gramado foi o lateral-esquerdo Renê, que lamentou a derrota no final. "Montamos uma estratégia, fizemos ela aqui, mas tomamos o gol em um vacilo. A gente sabia que a chance de o Fluminense vencer era em um erro nosso", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.