Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
FELIPE RAU/ESTADÃO
FELIPE RAU/ESTADÃO

Após erro em jogo do São Paulo, Luiz Flávio passará por requalificação técnica 

Árbitro que validou gol de mão de Luiz Araújo ficará um tempo fora da escala

Marcius Azevedo, O Estado de S.Paulo

07 de março de 2017 | 15h25

O erro do árbitro Luiz Flávio de Oliveira no jogo entre São Paulo e Santo André, domingo passado, quando validou um gol de mão do são-paulino Luiz Araújo, não passou impune. Após reunião do departamento de arbitragem na segunda-feira, na sede da Federação Paulista de Futebol, ficou definido que ele passará por um processo de requalificação técnica.

O departamento de arbitragem da FPF não determinou o período que ele ficará fora da escala do Campeonato Paulista. O retorno de Luiz Flávio dependerá da área técnica considerá-lo novamente apto para apitar depois da reavaliação.

A postura faz parte do novo formato do departamento de arbitragem sob o comando do diretor Dionísio Domingos. Os árbitros são avaliados pelas áreas técnica, física e psicológica, recebem notas e, dependendo do desempenho, podem ficar fora da escala.

Luiz Flávio, por exemplo, foi avaliado negativamente na parte técnica e, por isso, terá de recuperar terreno nesta área para voltar ao apito. 

O árbitro Thiago Duarte Peixoto, que expulso o volante Gabriel de maneira equivocada ao confundi-lo com Maycon, estava afastado da escala por ser avaliado negativamente na área psicológica. O erro, segundo avaliação do departamento de arbitragem, foi ser inflexível e não ouvir o auxiliar e o quarto árbitro com tranquilidade para voltar atrás na decisão. Ainda em processo de reavaliação, ele agora foi punido pelo Tribunal de Justiça Desportiva por 60 dias e não apita mais neste Paulistão.

Em relação ao jogo entre São Paulo e Santo André, além de Luiz Flávio, o auxiliar  Leandro Matos Feitosa, que deixou de assinalar impedimento de Cícero no primeiro gol do São Paulo, também passará por um processo de requalificação. Neste caso, ele foi avaliado negativamente nas áreas técnica e psicológica. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.