Após especulações, Madson ganha aumento de salário

O Santos não quis correr o risco de perder uma das referências do time e, um dia depois das especulações sobre uma suposta oferta de 5 milhões de euros (R$ 13,7 milhões) de um clube europeu, decidiu dar um aumento de quase 100% ao meia Madson. De acordo com o empresário do jogador, o contrato atual (terminaria em dezembro de 2011) será substituído por outro, com mais um ano de duração.

SANCHES FILHO, Agencia Estado

18 de junho de 2009 | 20h34

"Houve a sondagem, mas agora acredito que não adianta nem o interessado apresentar a proposta porque o Santos demonstra que não tem interesse em negociar Madson", disse nesta quinta-feira, Léo Rabello, que cuida dos interesses do Baixinho.

O novo contrato já foi redigido pelo jurídico do clube e será assinado na segunda-feira. Uma fonte da diretoria, que pediu para não ser identificada, disse que o salário de Madson é de R$ 50 mil por mês e deve ser passar para R$ 90 mil.

O técnico Vágner Mancini afirmou nesta quinta que ouviu "por alto" alguma coisa sobre o interesse por Madson. "Oficialmente não estou sabendo de nada, mas por 5 milhões de euros não tiram Madson do Santos", garantiu o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.