Após estreia, Dorival revela preocupação com Flamengo

O técnico Dorival Júnior admitiu que está preocupado com a situação do Flamengo. Recém-contratado, o treinador fez a sua estreia no comando da equipe no empate por 0 a 0, com a Portuguesa, na noite de quinta-feira, no Engenhão, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, e reconheceu que o time precisa evoluir.

AE, Agência Estado

27 de julho de 2012 | 08h29

"Acredito no potencial do time, mas temos que admitir que precisamos melhorar. Não podemos enganar o torcedor. Vamos melhorar. Queremos brigar pelas primeiras colocações, mas temos que trabalhar com mais intensidade, em todos os sentidos", disse.

Dorival também declarou que o Flamengo teve atuação ruim no empate com a Portuguesa. "Não fizemos uma boa partida. Deixamos a desejar em alguns aspectos, mas vamos avaliar com calma, até porque é um momento de transição e o processo é lento. Agora temos que apostar, acreditar e trabalhar muito para que melhoremos", comentou.

Contratado na quarta-feira, Dorival não teve tempo para treinar o Flamengo, mas já começa a detectar os problemas do time. "Precisamos fazer a equipe jogar com uma postura coletiva. Precisamos deixar o time mais compactado, sem espaços entre os setores", disse.

O empate na noite de quinta-feira deixou o Flamengo com 16 pontos e na 10ª colocação no Campeonato Brasileiro. A equipe volta a entrar em campo no próximo domingo, no Estádio do Morumbi, contra o São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.