Gonzalo Fuentes/ Reuters
Gonzalo Fuentes/ Reuters

Após exame de coronavírus, Mbappé deve ficar no banco do PSG contra o Dortmund

Atacante foi submetido a exames para saber se tinha sido infectado e o resultado teria sido negativo

Redação, Estadao Conteudo

10 de março de 2020 | 17h26


Com amidalite, Kylian Mbappé deverá ficar no banco de reservas do Paris Saint-Germain, nesta quarta-feira, no duelo de volta com o Borussia Dortmund pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. Segundo o jornal L'Équipe, o atacante foi submetido a exames para saber se tinha coronavírus e que o resultado teria sido negativo.

"Kylian está doente, vamos ver se consegue se exercitar um pouco antes do jogo. Ele tem um pouco de febre, não muita, mas temos de esperar", disse o técnico Thomas Tuchel, do PSG, que também aguarda a possibilidade de utilizar o zagueiro Thiago Silva, em boa recuperação de um problema muscular.

O Paris Saint-Germain precisa reverter uma desvantagem de 2 a 1 sofrida no primeiro jogo, na Alemanha. O time busca alcançar as quartas de final, feito que não consegue há quatro temporadas. Tuchel confia no poder ofensivo de seus jogadores.

"Não somos um time que se acomoda. Somos uma equipe que ataca muito, e vamos atacar o tempo todo", afirmou o treinador alemão, que considera o momento atual da equipe francesa melhor do que quando perdeu em Dortmund, mas fez questão de destacar a velocidade alemã.

"Eles possuem muita velocidade, uma ótima reação no ataque. É fundamental que quando perdermos a bola, tenhamos atenção e inteligência para cobrir os espaços e impedir o contra-ataque", afirmou Tuchel.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.