Tim Keeton/Reuters
Tim Keeton/Reuters

Após exclusão em convocação passada, Foden é chamado pela seleção inglesa

Jogador do Manchester City ganha nova chance para a disputa da Liga das Nações depois de desrespeitar isolamento social

Redação, Estadão Conteúdo

05 de novembro de 2020 | 14h48

O técnico da Inglaterra, Gareth Southgate, voltou a convocar o meia-atacante Phil Foden nesta quinta-feira. O jogador do Manchester City havia sido excluído do time em setembro por ter infringido as regras do protocolo de covid-19 da seleção. O atacante Mason Greenwood também estava com Foden. Mas ficou de fora desta nova convocação.

A dupla foi dispensada da concentração inglesa em Reykjavik, na Islândia, antes de jogo válido pela Liga das Nações da Uefa. Eles quebraram as regras do protocolo ao encontrarem duas mulheres dentro da área pública do hotel onde estava hospedado o time inglês. Eles acabaram ficando de fora da convocação do mês passado.

"Não há transferência do que aconteceu em setembro. Isso já passou. Os dois estavam disponíveis para a seleção e ambos são bons jogadores. Não há nenhuma dúvida sobre isso", disse Southgate.

"Primeiramente, estamos olhando para o equilíbrio do elenco em termos de posição. Phil teve muitas atuações pelo seu clube recentemente e Mason teve menos oportunidades com o (Manchester) United", justificou o treinador. "Eu tive uma boa conversa com Ole (Gunnar Solskjaer) sobre o desenvolvimento dele. Acho que será melhor para ele (Mason) ficar com o clube neste momento e se desenvolver para os próximos meses."

Foden é um dos 29 jogadores convocados para uma série de três jogos da seleção da Inglaterra. O primeiro duelo está marcado para o dia 12, contra a Irlanda, em amistoso dentro de casa. Nos dias 15 e 18, os adversário será a Bélgica (em casa) e a Islândia (fora), pela Liga das Nações.

A Inglaterra é a terceira colocada do Grupo 2 da Liga A, com sete pontos, dois atrás da líder Bélgica.

Confira abaixo a lista dos convocados:

Goleiros: Dean Henderson, Jordan Pickford, Nick Pope;

Defensores: Trent Alexander-Arnold, Ben Chilwell, Conor Coady, Eric Dier, Joe Gomez, Reece James, Michael Keane, Harry Maguire, Ainsley Maitland-Niles, TyroneMings, Bukayo Saka, Kieran Tripper, Kyle Walker;

Meio-campistas: Phil Foden, Jordan Henderson, Mason Mount, Declan Rice, James Ward-Prowse, Harry Winks;

Atacantes: Tammy Abraham, Dominic Calvert-Lewin, Jack Grealish, Harry Kane, Marcus Rashford, Jadon Sancho, Raheem Sterling.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.