Após excursão, desafio do São Paulo no Brasileirão é vencer o cansaço

Time desembarca nesta sexta no Brasil depois de disputar torneios na Alemanha e no Japão

Fernando Faro, O Estado de S. Paulo

09 de agosto de 2013 | 07h30

SÃO PAULO - O São Paulo desembarca nesta sexta no Brasil após a excursão internacional por três países e agora tem um adversário extra na luta contra o rebaixamento: o cansaço. A avaliação geral da comissão técnica é de que o desgaste foi maior do que o esperado por causa das muitas locomoções de avião e do fuso horário.

“Temos que estar fortes e ter espírito solidário para suportar essa maratona que foi, é e está sendo terrível”, resumiu o técnico Paulo Autuori logo após a derrota para o Kashima Antlers, no Japão.

No retorno, além das muitas horas no avião, os jogadores precisarão se adaptar rapidamente ao fuso horário de 12 horas para chegarem em condições físicas aceitáveis para a partida contra a Portuguesa no domingo, às 18h30, no Canindé.

A comissão técnica já tinha um planejamento especial para a maratona e mandou Jadson, Rafael Toloi, Fabrício e Osvaldo de volta ao Brasil logo depois da partida contra o Benfica. O quarteto se juntou a Clemente Rodríguez e Luis Fabiano, que não viajaram por estarem machucados, e todos vêm treinando em dois períodos no CT da Barra Funda. Eles formarão a base do time que encara a partida. Os demais serão avaliados assim que a delegação chegar.

Tudo o que sabemos sobre:
são paulo fcfutebolbrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.