Claudio Lattanzio/ EFE
Claudio Lattanzio/ EFE

Após falha feia e gol contra, Milan reage e busca empate com o lanterna

Placar de 1 a 1 contra o Pescara gerou alívio da torcida e comissão técnica do clube de Milão

Estadao Conteudo

02 de abril de 2017 | 12h18

Um empate contra o lanterna não costuma ser um bom resultado para nenhum time. Mas o 1 a 1 que o Milan buscou contra o Pescara, último colocado do Campeonato Italiano, neste domingo, foi encarado quase com alívio pela torcida e pela comissão técnica do tradicional clube de Milão.

O empate fora de casa foi celebrado por causa da atuação irregular do Milan, que levou seguidos sustos do lanterna na defesa, e também devido a uma falha grosseira da defesa dos visitantes no início da partida.

Aos 11 minutos, o zagueiro Gabriel Paletta foi pressionado na lateral-direita e fez um recuo arriscado e desastrado. O forte chute em direção ao gol surpreendeu o goleiro Donnarumma, que demorou para reagir e viu a bola morrer nas redes.

O alívio só veio aos 40 minutos, quando Pasalic aproveitou bate-rebate na área para finalizar com força e decretar o empate antes do intervalo.

No segundo tempo, o jogo se equilibrou e ambos os times tiveram chances para balançar as redes. A melhor chance do Pescara foi uma cobrança de falta que passou rente à trave esquerda de Donnarumma. Já o Milan carimbou a trave e ainda quase marcou nos minutos finais, em forte chute quase de dentro da pequena área. O goleiro Fiorillo fez a defesa.

Com o resultado, o Milan chegou as 54 pontos, ainda fora da zona de classificação para as competições europeias da próxima temporada. O time segue na sétima colocação. O Pescara, por sua vez, tem 13 pontos e continua amargando a última colocação.

Ainda neste domingo, Torino e Udinese empataram por 2 a 2, em Turim, enquanto a Fiorentina bateu o Bologna por 1 a 0. O Crotone venceu o Chievo por 2 a 1, o Cagliari derrotou o Palermo por 3 a 1 e a Atalanta goleou o Genoa por 5 a 0, fora de casa.

Tudo o que sabemos sobre:
futebol internacionalPescaraMilan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.