Cesar Greco/Palmeiras
Cesar Greco/Palmeiras

Abel Ferreira exalta Gabriel Veron: 'Impossível o Palmeiras vender por menos do que o Neymar'

Atacante foi o grande destaque da equipe na vitória por 5 a 0 sobre o Delfín, pela Libertadores

Redação, Estadão Conteúdo

02 de dezembro de 2020 | 21h58

Aos 18 anos, Gabriel Veron foi o grande destaque do Palmeiras na goleada de 5 a 0 sobre o Delfín, nesta quarta-feira, no jogo de volta das oitavas de final da Libertadores, no Allianz Parque. Com o resultado, o clube paulista confirmou a classificação às quartas com 8 a 1 no placar agregado. Após a partida, o atacante e o técnico Abel Ferreira trocaram elogios. O treinador disse que é "impossível o Palmeiras vender por menos do que o Neymar".  O Santos vendeu Neymar em 2013 por 57 milhões de euros (R$ 182 milhões na cotação da época).

"Vou contar uma história. O Luis Campos é diretor do Lille (da França) e foi meu técnico quando tinha a idade do Veron. Eu fui falar com ele sobre vir para o Palmeiras. O primeiro jogador que ele falou foi sobre o Veron. Ele conhece todos os jovens com potencial. Sabe que tem muita qualidade. Sempre digo ao Veron para se lembrar o que o trouxe a este nível. É impossível o Palmeiras vender este jogador por menos do que o Neymar foi vendido ao Barcelona", disse o treinador.

Veron, por sua vez, destacou o aprendizado obtido junto aos jogadores mais experientes e elogiou o trabalho do técnico Abel Ferreira, contratado no fim de outubro. "É excelente o trabalho com o professor", disse o jovem ao Fox Sports. "Quanto mais trabalho, mais dá certo. Estou muito feliz com isso e com o grupo também. Não só com o Abel, mas com todo o grupo." "O Abel é um excelente profissional. Ele trouxe para a gente que tem que atacar junto e defender junto, não importa o resultado", seguiu Veron, que marcou o segundo e o quarto gols do Palmeiras na goleada em São Paulo.

Além de Veron, os autores dos gols diante do adversário equatoriano foram o meio-campista Patrick de Paula, que deixou o campo lesionado ainda no primeiro tempo, o também atacante Willian e o volante Danilo, que fechou o placar.

Apesar da vitória nesta quarta, Veron destacou a necessidade de seguir trabalhando para evoluir. "A gente sabe que sempre tem que buscar melhorar. Classificamos, mas agora é trabalhar porque tem Campeonato Brasileiro", ponderou.

No sábado, o Palmeiras visita o Santos na Vila Belmiro, às 17 horas, pela 24ª rodada do Brasileiro. Quinto colocado, o clube de São Paulo tem 37 pontos, os mesmos do rival, mas com um jogo a menos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.