Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Após fazer o gol 12 mil do Santos, Gabriel sonha com nova marca histórica

Atacante foi o responsável pela marca em 2014, e agora pode fazer o gol de número 12.500 do alvinegro

Estadão Conteúdo

25 Outubro 2018 | 16h06

Em sua primeira passagem pelo Santos, pouco tempo depois de subir para o profissional em 2014, o atacante Gabriel pôde comemorar uma marca histórica no clube. Na goleada por 5 a 1 sobre o Botafogo, de Ribeirão Preto (SP), na Vila Belmiro, pelo Campeonato Paulista, o então garoto com apenas 17 anos marcou dois gols, sendo que o segundo foi o de número 12 mil do time em toda a sua história.

Quatro anos depois, o Santos está a apenas um de atingir a marca de 12.500 gols e isso pode acontecer na partida contra o Fluminense, neste sábado, na mesma Vila Belmiro, pela 31.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Atual artilheiro do Brasileirão com 15 gols, Gabriel relembrou o feito de 2014 e sonha em participar de mais um momento histórico do clube. "Lembro muito bem do gol 12 mil, é algo que realmente marca e fico feliz por entrar para a história do Santos. A placa e a chuteira utilizada naquele jogo estão expostas na minha casa. É uma honra para mim e para minha família. Agora, tem uma nova marca que se aproxima aí e quem sabe eu não possa repetir?", brincou.

Na briga por uma vaga no grupo de classificação à próxima edição da Copa Libertadores, o Santos está três pontos atrás do Atlético-MG (46 a 43), que hoje ocupa a sexta colocação. "Apesar do sonho em fazer parte desse momento (histórico), o mais importante será sair da partida com a vitória. O Brasileiro está na reta final e, independentemente de quem faça os gols, temos de vencer porque nosso objetivo é colocar o Santos na Libertadores", concluiu Gabriel.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.