C. J, Gunther/EFE
C. J, Gunther/EFE

Após fechar 1ª fase com 100%, Vadão exalta seleção feminina

Mesmo com Marta no banco, equipe bate Costa Rica por 1 a 0

Estadão Conteúdo

18 de junho de 2015 | 11h17

A seleção brasileira fechou a primeira fase da Copa do Mundo de Futebol Feminino com 100% de aproveitamento ao bater a Costa Rica por 1 a 0, na noite da última quarta-feira. Com a primeira colocação e a vaga na segunda fase já garantidas, o técnico Vadão se deu ao luxo de poupar jogadoras, mas ainda assim a equipe mostrou superioridade e saiu vencedora.

O desempenho de suas comandadas mesmo sem contar com Formiga, Cristiane, Andressa Alves, Thaisa, Fabiana e, principalmente, Marta agradou o treinador. "Sentimos a necessidade de mais dias para que elas se recuperassem. Então decidimos poupá-las neste jogo e dar oportunidades às jogadoras que não vinham atuando", explicou.

Beatriz, que entrou no segundo tempo da partida, também saiu satisfeita com a postura dedicada da equipe mista. "Jogamos para vencer. Entramos com seriedade em campo como vamos fazer em todos os jogos de Copa do Mundo. Outras seleções dependiam do nosso resultado", comentou.

A meio-campista Andressa teve um outro motivo para comemorar, além da vitória, já que foi eleita a melhor jogadora da partida. "Tínhamos o objetivo de vencer, chegar aos nove ponto e conseguimos. Fiquei feliz com o nosso resultado e também de ser a jogadora da partida."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.