Montagem/Sites oficiais Flamengo e Vasco
Montagem/Sites oficiais Flamengo e Vasco

Após Ferj confirmar semifinal em Juiz de Fora, prefeitura veta Flamengo x Vasco

Local está reservado para o confronto entre Tupi e URT, neste sábado

O Estado de S.Paulo

21 Fevereiro 2017 | 11h24

Menos de 12 horas depois de a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) anunciar oficialmente que o clássico entre Flamengo e Vasco, no próximo sábado, válido pelas semifinais da Taça Guanabara, será realizado em Juiz de Fora (MG), às 18h30, no estádio Mário Helênio, a prefeitura da cidade mineira informou, por meio do seu site oficial, na manhã desta terça, que o uso do local está vetado para o confronto do Campeonato Carioca.

Em um claro sinal de que o anúncio feito pela Ferj, no final da noite de segunda-feira, acabou sendo precipitado, a prefeitura local lembrou que o estádio já está reservado para o confronto entre Tupi e URT, também marcado para este sábado, pelo Campeonato Mineiro, assim como destacou que o efetivo policial designado para o dia também já estará ocupado com a segurança das pessoas que participarão de vários blocos de carnaval em Juiz de Fora.

"Em virtude da intensa programação de blocos de carnaval na cidade - como a tradicional Banda Daki - e em toda a região, o Estádio Municipal Radialista Mário Helênio estará restrito ao jogo da Federação Mineira de Futebol, Tupi x URT, no próximo fim de semana, como forma de garantir o esquema de segurança da 4a Região da Polícia Militar aos torcedores do município e aos foliões de 86 cidades da Zona da Mata em todo o carnaval. Não está autorizado, então, qualquer outro evento no estádio neste período", informou a prefeitura, por meio de breve comunicado também assinado pelo Comando da 4a Região da Polícia Militar.

Tupi e URT irão jogar no estádio Mário Helênio a partir das 11h de sábado, bem antes do horário das 18h30 marcado para o clássico entre vascaínos e flamenguistas, mas o fator segurança acabou pesando para que o local fosse descartado como palco da semifinal da Taça Guanabara.

Desta forma, o impasse sobre o local do duelo ganhou um novo capítulo na manhã desta terça-feira. O problema para a definição do estádio para a partida começou a se complicar ainda mais depois que uma decisão da Justiça do Rio, na última sexta, determinou que os clássicos do Campeonato Carioca sejam realizados com torcida única. Ou seja, apenas o clube que for mandante deste tipo de confronto na capital fluminense poderia contar o apoio de seus torcedores, embora o mando em clássicos do Estadual do Rio, para efeito de definição do local da partida, seja da própria Ferj.

Caso o clássico ocorresse em Juiz de Fora, torcedores flamenguistas e vascaínos poderiam marcar presença no estádio Mário Helênio, que tem uma capacidade total para receber pouco mais de 31 mil espectadores, pois o clássico seria fora do Rio.

A decisão pela adoção da torcida única em clássicos no Rio foi tomada pela Justiça após a série de episódios de violência que ocorreram nos arredores do Engenhão antes do clássico entre Flamengo e Botafogo, no último dia 12, no Rio, e acabaram resultando na morte do botafoguense Diego Silva dos Santos, de 28 anos, baleado em uma das confusões ocorridas no local.

O Flamengo venceu aquela partida por 2 a 1 e então encerrou as chances de o Botafogo se classificar para as semifinais da Taça Guanabara, que terão os seus dois jogos realizados neste sábado. Além do confronto entre flamenguistas e vascaínos, o dia terá a partida entre Fluminense e Madureira, às 16h30, em local ainda não confirmado de forma oficial pela Ferj.

Este duelo que definirá o primeiro finalista da Taça Guanabara estava inicialmente marcado para ocorrer no estádio Raulino Oliveira, em Volta Redonda, mas o presidente do Fluminense, Pedro Abad, informou na última segunda-feira que o clube comunicou à Ferj o interesse de atuar no Engenhão como mandante da partida.

Por terem realizado melhores campanhas em seus respectivos grupos na fase anterior da Taça Guanabara, Flamengo e Fluminense jogarão com a vantagem de poder atuar por um empate nas semifinais para avançarem à decisão.

Mais conteúdo sobre:
Vasco Flamengo Juiz de Fora

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.