Oli Scarff/AFP
Oli Scarff/AFP

De Gea renova com o Manchester United por quatro temporadas

Real Madrid tentou contratar o goleiro na última janela da Europa

Estadão Conteúdo

11 de setembro de 2015 | 09h13

O goleiro David De Gea foi o grande personagem da última janela para transferências na Europa, quando foi protagonista de uma intensa disputa entre Manchester United e Real Madrid. O fracasso nas negociações chegou a gerar uma troca de farpas entre os gigantes europeus e teria irritado o jogador. Nesta sexta-feira, no entanto, aconteceu mais um capítulo surpreendente desta história e ele renovou com o clube inglês.

O Manchester United anunciou a prorrogação do vínculo com De Gea por mais quatro temporadas, garantindo o espanhol no elenco pelo menos até o meio de 2019. Apesar de ter se mostrado favorável à transferência para o Real há algumas semanas, o goleiro pareceu satisfeito com o novo acordo com o clube inglês.

"Estou muito feliz por começar este novo capítulo na minha carreira no Manchester. Eu sempre gostei de jogar com estes grandes jogadores diante dos nossos fantásticos torcedores. O Manchester United é um clube especial e Old Trafford é o lugar ideal para continuar a desenvolver minha carreira", declarou.

Depois de uma longa especulação, Manchester e Real chegaram a um acordo para a transferência de De Gea no último dia da último janela. O clube espanhol enviaria o goleiro Keylor Navas e uma significativa quantia em dinheiro. A demora na conclusão da negociação e na troca de documentos, no entanto, impediu que o acordo fosse finalizado a tempo.

De Gea chegou a ficar um período sem comentar o assunto, mas, agora, parece já ter esquecido a frustração com o fracasso da negociação. "Estou ansioso para colocar este difícil verão para trás e me concentrar no trabalho duro para evoluir e ajudar meus companheiros a ter sucesso."

Aos 24 anos, De Gea é considerado um dos principais goleiros da Europa. Presença constante nas convocações da seleção espanhola, o jogador foi formado no Atlético de Madrid e chegou ao Manchester ainda muito jovem, em 2011. Passados quatro anos, é o dono da posição e tem a confiança do técnico Louis van Gaal.

"Estou completamente feliz que o David tenha assinado um novo contrato. É um dos melhores goleiros do mundo. Estou muito satisfeito que ele vá fazer parte do time por muitos anos. David teve uma contribuição importante para nosso desempenho na última temporada e foi o melhor jogador do clube nos últimos dois anos. É um jogador popular, que gosta de aprender. É muito jovem e tem muitos anos pela frente", elogiou o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.