Anne-Christine Poujoulat/AFP
Anne-Christine Poujoulat/AFP

Após fim de namoro, Neymar ganha folga no PSG e adia duelo contra Ganso

Atacante será preservado após sequência de partidas pelo clube francês e pela seleção brasileira

O Estado de S.Paulo

19 Outubro 2018 | 18h39

O técnico do Paris Saint-Germain, o alemão Thomas Tuchel, confirmou nesta sexta-feira, durante entrevista coletiva, que deu folga a alguns jogadores que atuaram bastante por suas seleções nacionais na última data Fifa. "Prometi aos jogadores uma semana de folga se vencessem o Nice, o Estrela Vermelha e o Lyon", disse o treinador, referindo-se a Neymar, Marquinhos e Thomas Meunier.

Com isso, o duelo entre Neymar e Paulo Henrique Ganso, que atua pelo Amiens, adversário do Paris Saint-Germain neste sábado, em Paris, pela 10.ª rodada do Campeonato Francês, fica adiado para o segundo turno. Ganso, emprestado pelo Sevilla para o Amiens no começo de setembro, e Neymar são amigos de longa data e foram companheiros no Santos desde as categorias de base até 2012, quando o meia se transferiu ao São Paulo.

Fora de campo, Neymar virou mais uma vez notícia pelo fim de seu namoro com a atriz Bruna Marquezine. Ela confirmou o término do relacionamento durante um evento, em São Paulo, na última quinta-feira.

Tuchel disse que gostou do "espírito e da atitude" de seus jogadores após a pausa no Campeonato Francês para a disputa de jogos das seleções nacionais. "É sempre difícil para os treinadores depois de uma pausa. Todos estão de volta agora e precisamos ter cuidado com os jogadores".

O treinador alemão não espera facilidades, apesar do Amiens estar apenas na 14.ª colocação no campeonato. "Sabemos que será um jogo difícil, pois o Amiens é um time que defende bem e defende em conjunto". Sem poder contar com Layvin Kurzawa, Dani Alves e Colin Dagba, que ainda estão lesionados, Tuchel também não poderá escalar Kimpembe, suspenso.

O Paris Saint-Germain venceu os nove jogos disputados até agora no Francês, com 32 gols marcados e apenas seis sofridos. O Amiens venceu três vezes, empatou outra e perdeu cinco.

Outro motivo para o descanso de alguns jogadores do Paris Saint-Germain é o compromisso da próxima quarta-feira, na capital francesa, diante do Napoli, pela terceira rodada da Liga dos Campeões da Europa.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.