Após fraturas na mandíbula, Bolaños volta a treinar com bola no Grêmio

Longe de Porto Alegre, o técnico Roger Machado recebeu uma boa notícia nesta sexta-feira. O atacante Miller Bolaños voltou a treinar com bola no Grêmio nesta manhã, 33 dias após sofrer duas fraturas na mandíbula no clássico com o Internacional, no dia 6 de março, em jogo válido tanto pelo Campeonato Gaúcho quanto pela Copa Sul-Minas-Rio.

Estadão Conteúdo

08 de abril de 2016 | 16h45

Bolaños mostrou boa disposição e treinou normalmente nesta sexta na companhia de outros jogadores que fazem a transição entre o departamento médico e a preparação física. O equatoriano havia retornado aos trabalhos no dia 22 de março, mas sem exercícios de maior impacto, em razão da cirurgia realizada no dia 10 do mesmo mês.

Com o retorno, a preparação física tinha por objetivo reduzir a perda de peso que Bolaños vinha sofrendo nas últimas semanas. Por causa da dificuldade em mastigar, ele vinha comendo apenas alimentos mais pastosos, o que causou a perda de quatro quilos, já recuperados.

Enquanto o atacante voltava aos trabalhos com bola, a delegação do Grêmio faz sua preparação para o jogo contra a LDU em solo equatoriano. A partida contra os donos da casa será somente na quarta, mas o time gremista viajou nesta quinta para antecipar a adaptação à altitude local.

O duelo seguinte do Grêmio na Copa Libertadores será contra o Toluca, em casa, no dia 19. Para esta partida, Roger Machado já poderá contar com Bolaños, maior investimento do time para a temporada, em campo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGrêmioBolaños

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.