Vítor Silva/SSPress/Botafogo
Vítor Silva/SSPress/Botafogo

Após ganhar da Chapecoense, Vasco anuncia acerto com o ex-rival Alberto Valentim

Técnico foi demitido do Pyramids FC, do Egito, após apenas três partidas e volta ao Rio após comandar o Botafogo

Estadão Conteúdo

26 Agosto 2018 | 22h02

Após a vitória contra a Chapecoense por 3 a 1, neste domingo, no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, pela 21.ª rodada do Campeonato Brasileiro, a direção do Vasco confirmou a contratação do técnico Alberto Valentim. Ele chega a São Januário para o lugar de Jorginho, que não teve sucesso em sua segunda passagem pelo clube. Depois de comandar Palmeiras e Botafogo, teve uma rápida passagem pelo Pyramids, da primeira divisão do Egito.

"Estou aqui para agradecer muito ao trabalho do Valdir, que sempre que solicitado deu conta do recado. Como tinha prometido hoje (domingo), nós iríamos anunciar o novo técnico. A partir de amanhã (segunda-feira) passa a ser o (Alberto) Valentim, que está viajando para o Brasil e se apresenta amanhã", disse o presidente Alexandre Campello, em entrevista coletiva após o jogo em São Januário.

Após a demissão de Jorginho, o Vasco ficou três rodadas do Brasileirão sem técnico fixo e foi comandado pelo interino Valdir Bigode, que finaliza a sua passagem como treinador de forma invicta. Foram três jogos com dois empates - por 1 a 1 contra o Ceará (em casa) e por 0 a 0 contra o Atlético Mineiro (fora) - e uma vitória - sobre a Chapecoense.

Apesar de não ter perdido sob o comando de Valdir Bigode, o Vasco já estava há cinco rodadas sem vencer no Brasileirão. O triunfo sobre a Chapecoense leva o clube carioca aos 24 pontos, assumindo a 13.ª colocação na tabela de classificação.

CARREIRA

O ex-lateral-direito Alberto Valentim, de 43 anos, desembarca no time cruzmaltino após passagem de sucesso pelo futebol carioca em 2018, quando comandou o Botafogo. Após ser auxiliar técnico no Atlético Paranaense e Palmeiras, teve a sua primeira oportunidade como treinador profissional no Red Bull Brasil, em São Paulo. Depois, o treinador comandou o clube alviverde paulista em 2017, antes de ir para o alvinegro de General Severiano.

Recentemente comandou o Pyramids, do Egito, que conta com atletas brasileiros como os atacantes Keno (ex-Palmeiras) e Ribamar, além do meia Rodriguinho, ex-Corinthians. Alberto Valentim ficou apenas três jogos à frente do time egípcio e foi demitido após atritos com o dono Turki Al-Sheikh, que pediu para o técnico barrar Ribamar. Não aceitou e voltou ao Brasil.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.