Divulgação
Divulgação

Após garantir '90%', Eurico encerra assunto Ronaldinho no Vasco

'Da parte do clube, tinha 90%. Ele foi analisar com o Assis', explica

Estadão Conteúdo

30 de junho de 2015 | 19h04

O presidente Eurico Miranda admitiu, nesta terça-feira, o fim das esperanças do Vasco em contratar o meia Ronaldinho Gaúcho, após o jogador indicar, em vídeo publicado na internet, que está indo para a Turquia, defender o Antalyaspor. Na semana passada, o dirigente havia garantido que as negociações com o jogador estavam com 90% de conclusão para um desfecho positivo.

"O caso do Ronaldinho, da parte do Vasco, tinha 90%. Da parte do Vasco. Ele foi analisar com o Assis (seu irmão e empresário), pediram prazo até o dia 28. Para mim, o assunto está encerrado", afirmou Eurico, nesta terça-feira, durante a apresentação oficial do também meia Andrezinho, mais recente contratação vascaína para o Brasileiro.

Ainda sobraram alfinetadas. "O Ronaldinho, se viesse para o Vasco, teria o prazer de jogar com Andrezinho, e não o contrário", polemizou Eurico. Essa foi a segunda negociação frustrada do Vasco, que, além do meia, esperava contar com o lateral Léo Moura. O ex-capitão do Flamengo, porém, voltou atrás após já ter entrado em acordo com o time de São Januário.

Andrezinho e Herrera, outro recém-contratado, treinaram com bola pela primeira vez nesta terça. Mas, por enquanto, ambos não têm previsão de estreia e não enfrentarão o Avaí nesta quarta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascoRonaldinhobrasileirao

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.