Paulo Fernandes/Vasco.com.br
Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Após gol decisivo, Ramon mira titularidade no Vasco: 'Estou na expectativa'

Lateral marcou o tento da vitória vascaína sobre o Sport, em São Januário

Estadão Conteúdo

11 Junho 2018 | 15h02

O gol decisivo contra o Sport no último sábado, que garantiu a vitória do Vasco por 3 a 2 na estreia do técnico Jorginho, deu moral e confiança a Ramon. Depois da boa atuação nos 15 minutos em que esteve em campo, o lateral já mira a titularidade.

+ Artilheiro do Vasco, Pikachu minimiza conquista individual: 'Coletivo vem acima'

+ Jorginho comemora vitória em reestreia e pede apoio da torcida do Vasco

O atleta sofreu uma lesão grave no joelho no final de outubro de 2017 e só voltou aos gramados no fim de maio deste ano, na vitória do Vasco por 1 a 0 sobre o Paraná, em duelo da oitava rodada. Ele celebrou o gol decisivo, o primeiro em sua volta após três jogando saindo do banco de reservas, e diz que está na expectativa para retomar a titularidade.

"Estou muito feliz pelo gol e acredito que foi um dos mais importantes da carreira, principalmente em virtudes das circunstâncias. É difícil enfrentar uma lesão como essa e voltar bem", comemorou. "Estou na expectativa. Mas se eu não começar, entendo totalmente. Falta só um jogo e não tem motivo para arriscar. Até porque o Henrique vem muito bem, e eu respeito isso. Minha hora vai chegar", disse o lateral.

Jorginho terá dificuldade para armar a defesa para o confronto com o Internacional no Beira-Rio, na quarta-feira, às 21h45, no último jogo antes da pausa para a Copa do Mundo. Breno e Werley estão machucados, Ricardo está suspenso e Paulão não pode jogar, pois pertence ao Internacional. O jovem Miranda é uma das opções e tem a confiança do elenco para atuar em Porto Alegre.

"Temos o Miranda, um zagueiro da base que vem tendo boas atuações. Ele tem passagem pela seleção brasileira e a hora de jogar é agora. Se ele for o escolhido, tenho certeza de que irá corresponder, pois possui qualidade e vem treinando conosco já faz um tempo. Nosso grupo tem total confiança no potencial dele", afirmou Ramon.

 

 

Mais conteúdo sobre:
futebol Vasco Ramon

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.