Após gol, Wallyson quer recuperar boa fase no Cruzeiro

O atacante Wallyson foi um dos personagens do clássico do último domingo, quando marcou o primeiro gol do Cruzeiro no empate por 2 a 2 com o Atlético-MG, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Ele havia acabado de sair do banco para entrar na vaga de Fabinho, que deixou o campo machucado.

AE, Agência Estado

27 de agosto de 2012 | 21h18

Em 2011 foi justamente uma lesão que fez com que Wallyson interrompesse a melhor fase da carreira. Destaque do Cruzeiro na época, o jogador teve uma fratura no tornozelo esquerdo, ficou muito tempo afastado e nunca mais foi o mesmo. Agora ele espera voltar ao bom momento e a ser fundamental para a equipe.

"Fazendo gol no clássico, a confiança aumenta muito. Seus companheiros percebem que você pode contribuir para a equipe e, ontem (domingo), graças a Deus, eu fui muito feliz e ajudei o Cruzeiro" declarou.

Outro que ficou satisfeito com seu desempenho no domingo foi o volante Lucas Silva. O jovem jogador de 19 anos disputou seu primeiro clássico como profissional, mas não sentiu o peso do jogo e saiu de campo feliz com o que havia apresentado.

"Foi bom, eu sempre gostei de jogar clássicos, desde a base. No profissional foi diferente, a adrenalina, a torcida. Joguei como nos meus outros jogos, saí com a consciência tranquila por ter feito um bom jogo, que fiz o meu papel dentro de campo. Acho que vale enaltecer os demais jogadores, pela raça, e principalmente a torcida que, na minha opinião, foi o fator diferencial do jogo", afirmou o jogador, em entrevista ao site oficial do Cruzeiro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoCruzeiroWallyson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.