Felipe Rau / Estadão Conteúdo
Felipe Rau / Estadão Conteúdo

Após golaço no clássico, Moisés pede que Palmeiras mantenha evolução no 2º turno

Camisa dez palmeirense diz que Palmeiras poderia ter crescido após marcar, mas acabou sofrendo o terceiro do adversário na sequência

Estadão Conteúdo

06 Novembro 2017 | 10h54

Autor de um golaço na derrota por 3 a 2 para o Corinthians no clássico do último domingo, no Itaquerão, o meia Moisés não deixou de lamentar o resultado que deixou o Palmeiras mais longe da luta pelo título do Campeonato Brasileiro. O jogador, porém, fez questão de ressaltar a evolução da equipe no segundo turno da competição e aproveitou para pedir que o time mantenha esta crescente na reta final do torneio, que agora terá apenas seis rodadas até o seu término.

+ Alberto Valentim lamenta erros de arbitragem: 'Primeiro gol mudou todo o jogo'

+ Palmeiras reclama de erros da arbitragem em derrota no clássico para Corinthians

"Agora é ter cabeça fria. Faltam seis rodadas. Nas últimas quatro conseguimos tirar muitos pontos... Vamos continuar trabalhando, pensando jogo a jogo e ver o que o campeonato desenha. Se eles (corintianos) tropeçarem, vamos encostando. Não vamos perder o campeonato pelo resultado de hoje (domingo). Nosso começo não foi bom. Melhoramos no segundo turno, mas temos que continuar em evolução", cobrou o meio-campista, em entrevista coletiva após o clássico.

Moisés também lamentou o fato de que o Palmeiras levou o terceiro gol pouco depois de ter descontado o placar quando perdia por 2 a 0. Para ele, que diminuiu o placar do duelo para 3 a 2 após acertar lindo chute cruzado no segundo tempo, isso acabou tendo um grande peso para o time alviverde não ter conseguido buscar ao menos o empate.

"No primeiro tempo, logo que fizemos o gol, era o momento do time de eles caírem de rendimento. Só que, logo no lance seguinte, tomamos o terceiro. Ficou difícil. A equipe jogou bem, continua evoluindo. No segundo tempo, demos pouca chance ao Corinthians. Criamos, ficamos em cima, mas infelizmente perdemos", lamentou.

A derrota deste domingo fez o Palmeiras ficar oito pontos atrás do líder Corinthians e também cair para a quarta posição do Brasileirão. A equipe acabou sendo ultrapassada pelo Santos, novo vice-líder, e pelo Grêmio, agora terceiro colocado, nesta 32ª rodada. Com isso, se tornou fundamental o time conquistar um triunfo diante do Vitória, nesta quarta-feira, às 21h45, no Barradão, em Salvador, na abertura da 33ª rodada da competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.