Divulgação
Divulgação

Após goleada, Cruzeiro desembarca com protesto de torcedores

'Time sem vergonha', ouviram os atletas na chegada a Belo Horizonte

Estadão Conteúdo

26 de maio de 2016 | 13h47

O início de trabalho de Paulo Bento no Cruzeiro não está sendo nada fácil. Depois de ver a equipe ser goleada pelo Santa Cruz na noite da última quarta-feira, em sua segunda partida no comando, o técnico português conheceu os "tradicionais" protestos das torcidas brasileiras no desembarque do elenco no aeroporto.

Em meio aos maus resultados do Cruzeiro na temporada e após o 4 a 1 levado no Recife, alguns torcedores foram ao aeroporto de Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte, e protestaram. Entre alguns alvos particulares, o grito que prevaleceu foi o de "time sem vergonha".

Em três rodadas, o Cruzeiro segue sem vencer no Campeonato Brasileiro. Perdeu para o Coritiba no Paraná, empatou com o Figueirense em casa e caiu para o Santa Cruz no Recife. O próprio Paulo Bento já alertou para a necessidade de corrigir os erros e vencer o América-MG, neste sábado, no Mineirão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.