Daniel Augusto Jtr./Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jtr./Ag. Corinthians

Após goleada, Gabriel admite início ruim do Corinthians e destaca união do elenco

Volante marcou o último gol na goleada por 4 a 0 sobre o Paraná na casa do adversário

Estadão Conteúdo

22 de abril de 2018 | 14h02

Autor do gol que fechou a vitória por 4 a 0 do Corinthians sobre o Paraná neste domingo, no estádio Durival Britto, em Curitiba, o volante Gabriel voltou a figurar entre os titulares do técnico Fábio Carille. Após o jogo, ele reconheceu o início ruim do time na partida e destacou que o elenco está unido e não há reclamação dos jogadores que ficam no banco.

+ TEMPO REAL: Corinthians 4 x 0 Paraná

+ Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

+ Mais notícias do Campeoanto Brasileiro

"Você tem que estar preparado. O time não começou bem, estava um pouco desligado, até pelo horário (incomum do jogo) e o campo com o qual não estamos acostumados, é diferente. Mas melhoramos depois dos 10 minutos e chegamos ao gol", disse Gabriel em entrevista ao SporTV.

Reserva nos dois jogos anteriores da equipe, contra o Fluminense, pelo Brasileiro, e Independiente, da Argentina, pela Copa Libertadores, Gabriel voltou a figurar entre os 11 titulares e jogou ao lado de Renê Júnior. O revezamento de jogadores promovido por Carille na equipe não preocupa o volante, que garante que o grupo corintiano está unido e entende as opções do treinador.

"A gente não está preocupado com quem vai jogar. Mas quem for a opção do Carille e entrar vai estar sempre preparado. Até conversei com o Ralf que aqui é um torcendo pelo outro. Estamos sempre preparados e com uma união muito forte para ajudar o Corinthians a vencer", garantiu o volante.

Com as duas vitórias nos dois primeiros jogos da competição nacional, o Corinthians segue com 100% de aproveitamento, chegou à liderança provisória e tem saldo positivo de cinco gols, mas pode perder o posto dependendo dos outros resultados da rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.