Após goleada, Marcelo exalta setor ofensivo do Cruzeiro

A vitória do Cruzeiro por 5 a 0 sobre o Nacional de Nova Serrana, na noite de terça-feira, no Mineirão, garantiu ao time o primeiro lugar na fase de classificação do Campeonato Mineiro e comprovou a força do seu setor ofensivo, com 25 gols marcados nos últimos sete jogos da temporada. Esse desempenho do ataque foi destacado pelo técnico Marcelo Oliveira após a goleada.

AE, Agência Estado

17 de abril de 2013 | 09h44

"O time está no caminho certo. Nos últimos sete jogos, nós fizemos 25 gols. São mais de três gols por partida e isso é muito bom. Temos que cuidar da marcação, um pouquinho de erro de passe ainda, para a gente não levar gol e não deixar chegar com tanta tranquilidade no nosso gol, embora todo time que se proponha a atacar muito, acaba tendo alguns contra-ataques", afirmou.

Marcelo ressaltou que o Cruzeiro ainda oscila durante as partidas, mas acredita que o time chega forte para as semifinais do Campeonato Mineiro. "Eu acho que o que talvez ainda não esteja bem consistente é você manter durante o jogo, o tempo todo, a mesma tônica, a mesma pegada, o mesmo toque de bola. Em algumas partidas nós fomos inconstantes, alternamos um pouco. Mas é um time ainda em formação, mas me agrada muito. Não garantimos nada, apenas a vantagem, mas nós fortalecemos muito e vamos fortes para a semifinal e para esse último jogo também", comentou.

O treinador cruzeirense avaliou que o time mostrou diante do Nacional de Nova Serrana potencial para vencer duelos mais complicados que serão disputados nas próximas semanas. "O Cruzeiro foi para cima, se impôs, comandou o jogo e fez os gols. Me agradou muito, saíram boas jogadas. Marcação encurtando, já iniciando no campo de ataque, e além da vitória e do primeiro lugar antecipado, a gente exercitou também para futuros jogos mais difíceis, mais complicados", disse.

Com a vitória, o Cruzeiro chegou aos 28 pontos, na liderança do Campeonato Mineiro. A equipe encerra a sua participação na primeira fase do torneio no próximo domingo, quando vai enfrentar o Tupi, em Juiz de Fora.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.