Após goleada, volante admite desatenção do Botafogo

Depois da goleada sofrida para o Vasco, iniciada com gol aos 2 minutos de jogo, o volante Leandro Guerreiro admitiu que os jogadores do Botafogo entraram em campo desatentos e foram punidos com a derrota para o rival.

AE, Agencia Estado

13 de março de 2009 | 20h28

"Entramos desatentos e fomos punidos", reconheceu o volante, que já pensa na redenção do time. "O bom é que o futebol te dá a chance de recuperação no jogo seguinte e já temos um no domingo, não temos tempo para lamentar", completou, se referindo ao jogo com a Cabofriense.

"É a nossa chance de mostrar que queremos a Taça Rio. Temos que nos unir e mostrar força", afirmou Guerreiro. O Botafogo conquistou a Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca, ao vencer o Resende na decisão. Se vencer também a Taça Rio, o time garantirá o título do estadual, dispensando a disputa da final.

Apesar da goleada, Guerreiro rejeita qualquer alteração na defesa botafoguense. "Não é porque tomamos mais gols agora que vamos mudar tudo ou achar que está tudo errado. Temos que refletir sobre os nossos erros para não acontecer novamente, mas vamos continuar com a mesma linha de trabalho e confiantes de que estamos no caminho certo", avisou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.