Paulo Fernandes/Vasco.com.br
Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Após goleada, Wagner aposta na torcida do Vasco para dar troco no Racing

Cruzmaltino foi derrotado por 4 a 0 na semana passada, em jogo na Argentina

Estadão Conteúdo

25 de abril de 2018 | 20h46

Uma semana depois da goleada de 4 a 0 para o Racing, o Vasco terá a chance da revanche nesta quinta-feira, em São Januário, pelo Grupo E da Copa Libertadores. E o meia Wagner aposta na força da torcida para levar o time carioca ao importante triunfo, que será decisivo para as ambições da equipe na competição.

+ Bayer Leverkusen acerta com Paulinho, do Vasco, e deverá pagar R$ 145 milhões

+ Yago Pikachu promete Vasco com postura diferente em reencontro com Racing

"O Racing possui uma equipe de qualidade e demonstrou isso no último jogo, mas nós jogaremos dentro da nossa casa, diante do nosso torcedor. Chegamos confiantes para essa partida", disse o meia, ciente da situação complicada do Vasco na competição sul-americana.

Um tropeço nesta quinta pode significar o fim de qualquer chance de classificação da equipe para a fase de mata-mata. Isso porque o Vasco tem apenas um ponto no grupo, em três jogos disputados, e ocupa a quarta e última colocação da chave. Mesmo se vencer, terá que torcer por uma combinação de resultados para obter uma das duas vagas do grupo nas oitavas de final.

"Queremos vencer o jogo e por isso vamos procurar ser bastante agressivos aqui dentro de São Januário. Que seja uma noite abençoada e a gente consiga sair de campo com os três pontos", projetou o experiente jogador, que vai completar 50 jogos com a camisa vascaína nesta quinta.

"Estou muito feliz e realizado por estar atingindo essa marca. Em todos os clubes que passei no Brasil, consegui ir bem e atingir marcas boas, conquistar títulos. Me sinto muito honrado por completar 50 jogos com essa camisa. Agora a minha meta vai ser chegar aos 100", disse Wagner, que chegou ao clube no início do ano passado, vindo do chinês Tianjin Teda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.