Paulo Whitaker/Reuters
Paulo Whitaker/Reuters

Após golear Itália, Brasil tira dia de folga na África do Sul

Grupo de jogadores está em Johannesburgo e jogadores usam o dia livre para fazer compras e passear

EFE

22 de junho de 2009 | 14h55

JOHANNESBURGO - O dia seguinte à goleada de 3 a 0 sobre a Itália foi de muito descanso para a seleção brasileira, que terminou como melhor equipe da primeira fase da Copa das Confederações

Veja também:

linkDunga elogia seleção sul-africana e técnico Joel Santana

linkBrasil deve continuar com o 'pijama-training', segundo médico

linkCopa das Confederações teve média de 2,5 gols na 1.ª fase

Copa das Confederações 2009 - tabela Classificação

Copa das Confederações 2009 - lista Calendário

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Nesta segunda-feira a seleção deixou a cidade de Centurion, próxima a Pretória, e fez uma curta viagem de ônibus até Johannesburgo, onde enfrenta a África do Sul do técnico brasileiro Joel Santana quinta-feira, em uma das semifinais.

Liberados, os jogadores chegaram ao hotel no início da tarde e muitos saíram em seguida para fazer compras pela cidade.

Kaká, Robinho, Júlio Baptista, Elano, André Santos e Alexandre Pato deixaram o hotel em um mesmo veículo, sem usar os trajes de concentração.

O técnico Dunga só começará os treinos de preparação ao decisivo confronto nesta terça-feira. Na quarta será a vez de a equipe realizar o reconhecimento do gramado do Ellis Park, palco da partida com os anfitriões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.