Após grave lesão, Javier Zanetti não quer parar de jogar

Um dia depois de sofrer a mais grave contusão de sua carreira, que irá provocar uma recuperação de seis a nove meses, o veterano defensor argentino Javier Zanetti revelou nesta segunda-feira que deseja continuar jogando. Mesmo perto de completar 40 anos - faz aniversário no dia 10 de agosto -, ele avisou que planeja voltar nem que seja para jogar mais uma vez.

AE-AP, Agência Estado

29 de abril de 2013 | 13h48

Zanetti é um dos jogadores mais emblemáticos da história da Inter de Milão, clube que defende desde 1995 - tem contrato até o final da atual temporada -, e também tem uma longa trajetória de sucesso na seleção argentina. Ele sofreu ruptura do tendão de Aquiles do pé esquerdo, durante jogo contra o Palermo, disputado no domingo, pelo Campeonato Italiano.

"Essas coisas acontecem, faz parte da profissão. Foi um dia de azar", disse Zanetti, em entrevista nesta segunda-feira, em Milão, quando mostrou otimismo para poder voltar a jogar. "Depois da operação, preciso pensar na fisioterapia para poder retornar. É isso que tenho em mente agora. Vou tentar me recuperar e, acima de tudo, voltar 100% em forma."

Questionado sobre a possibilidade de encerrar a carreira, Zanetti reforçou seu desejo de continuar na ativa. "Vou dizer novamente: meu objetivo é me recuperar. Aí, quando me sentir bem, tentar voltar. Penso que, depois de uma carreira como a minha, gostaria de jogar pelo menos mais uma vez em frente aos meus fãs. E espero que seja mais de uma vez", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolInter de MilãoJavier Zanetti

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.