Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Francçois Lo Presti/AFP
Francçois Lo Presti/AFP

Após invasão da torcida e agressões, Lille terá que jogar com portões fechados

Comissão Disciplinar da Liga da França decidiu impedir a entrada dos torcedores no Estádio Pierre Mauroy durante a investigação

Estadão Conteúdo

15 de março de 2018 | 18h10

As cenas de selvageria vistas no último sábado não passaram batido, e o Lille sofrerá as consequências no Campeonato Francês. Após a invasão de campo de parte de sua torcida, o clube terá que atuar com portões fechados nos jogos como mandante pelo menos até o dia 5 de abril.

+ Confira a classificação do Campeonato Francês

A Comissão Disciplinar da Liga de Futebol Profissional da França (LFP) definiu a punição provisória ao Lille nesta quinta-feira. A entidade decidiu impedir a entrada dos torcedores no Estádio Pierre Mauroy "durante o tempo de investigação" do caso e convocou o clube para uma audiência justamente no dia 5 do próximo mês.

Diante da crise no Campeonato Francês, torcedores do Lille, time dos brasileiros Thiago Mendes, Luiz Araújo e Thiago Maia, invadiram o campo e agrediram jogadores do clube após o empate por 1 a 1 com o Montpellier, em duelo válido pelo Campeonato Francês e disputado no sábado.

O atacante Nicolas Pepe foi chutado na perna por um deles, e houve outras confusões entre jogadores e torcedores, enquanto os seguranças presentes ao estádio não conseguiam controlar a situação. O zagueiro Adama Soumaoro também acabou agredido.

A LFP, então, considerou que "dada a natureza e gravidade dos acontecimento", foi motivada a abertura de um inquérito. "A invasão a campo poderia afetar a segurança dos bens e das pessoas", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.