EFE/ CARMELO IMBESI
EFE/ CARMELO IMBESI

Após Itália não se classificar para Copa, Mancini lamenta: 'Noite mais decepcionante da carreira'

Seleção italiana cai diante da Macedônia do Norte em Palermo e não vai ao Catar

Redação, Estadão Conteúdo

24 de março de 2022 | 21h49

O técnico Roberto Mancini não escondeu a decepção na entrevista coletiva após a derrota (0 a 1) e eliminação da Itália na repescagem das Eliminatórias da Copa do Mundo do Catar, diante da modesta Macedônia do Norte, nesta quinta-feira, em Palermo.

"Estou mais do que decepcionado, não tenho nada a dizer. Algo incrível aconteceu esta noite. Merecemos ganhar a Euro, agora tivemos muito azar... mas é isso, essa é a realidade. Lamento pelos jogadores", disse o treinador italiano.

Mancini, de 57 anos, 20 deles como treinador, definiu sua tristeza com a derrota sofrida aos 47 minutos do segundo tempo. "Esta é a noite mais decepcionante da minha carreira. Não há palavras para descrever o que aconteceu esta noite", afirmou à Rai Sport.

O técnico destacou que a Itália finalizou demais durante os 90 minutos, mas não teve sucesso. "É futebol... Quando você perde, você tem que sofrer e ficar calado, não há nada que você possa fazer. Comentar o jogo? Difícil comentar uma partida em que chutamos umas quarenta vezes no gol, sem marcar… e sofrendo um gol aos 92 minutos. É a lei do futebol."

Técnico da seleção italiana desde 2018, quando assumiu com a missão de rejuvenescer a equipe ausente também na edição do Mundial da Rússia, Mancini não quis faklar de seu futuro. "Vamos ver. Agora me sinto muito decepcionado para falar sobre meu futuro, veremos. Tenho certeza que essa equipe tem um grande futuro. Estou apoiando esses jogadores agora mais do que nunca."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.