Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Após jogo, Marcelo Oliveira deixa os gramados para virar dirigente do Grêmio

Volante de 33 anos agora vai ocupar o cargo de supervisor na equipe gaúcha

Redação, Estadão Conteúdo

07 de outubro de 2020 | 23h08

A vitória do Grêmio por 2 a 1 sobre o Coritiba, na sua arena, na noite desta quarta-feira, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, foi especial para o volante Marcelo Oliveira. Sem atuar há mais de um ano, o atleta entrou nos minutos finais do duelo, sequer tocou na bola, mas não segurou a emoção em sua despedida do futebol. Agora, ele irá ocupar o cargo de supervisor na equipe gaúcha.

"É muita emoção falar nesse momento, por tudo que representa para mim estar no Grêmio. Desde que cheguei, falei que estava realizando um sonho. Meu contrato está chegando ao fim. O clube me fez um convite para permanecer em uma outra função. Não precisei nem de tempo para pensar. Já estava me preparando para exercer outra função.", falou o atleta.

O volante, de 33 anos, chegou ao Grêmio em 2015 e permaneceu até a atual temporada. Foram 170 jogos e seis gols. Pelo clube gaúcho, conquistou a Copa do Brasil de 2016, a Libertadores de 2017, e a Sul-Americana de 2018, além de três estaduais. Marcelo Oliveira sofreu grave lesão no ano passado e só voltou a entrar em campo nesta quarta-feira.

"Só tenho a agradecer o Grêmio por tudo que fez por mim. Mesmo enfim de contrato, com uma lesão séria, renovou meu contrato. Desde quando cheguei, fui super bem recebido. Me sinto o cara mais honrado e feliz por encerrar esse ciclo como atleta. Quero agarrar essa oportunidade e agregar, com atitudes, ajudando a fazer do Grêmio cada vez maior", completou.

Com a vitória, o Grêmio quebrou uma série de quatro jogos sem derrotas e reabilitou no Brasileirão. O time gaúcho soma agora 17 pontos, se distanciando da zona de rebaixamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.