Rubens Chiri/saopaulofc.net
Rubens Chiri/saopaulofc.net

Após lesão, Liziero inicia treinos nos gramados, mas não deve atuar diante do Goiás

Volante se recupera de estiramento muscular; Tchê Tchê deve continuar em seu lugar

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

29 de abril de 2019 | 21h29

O volante Liziero, que se recupera de um estiramento no músculo posterior da coxa esquerda, iniciou o período de transição do Reffis do São Paulo para o gramado na tarde desta terça-feira. e treinou sob os cuidados do preparador físico Wellington Valquer.

O jogador, no entanto, não deve ser utilizado na partida desta quarta-feira, contra o Goiás, pelo Campeonato Brasileiro. Outro desfalque é o volante Luan, que também teve estiramento muscular, mas ainda não iniciou a passagem para o campo.

Com isso, Hudson deverá ser mantido entre os volantes – ele é o titular da lateral-direita, mesmo jogando improvisado – e o Igor Vinicius será o lateral. Contratado recentemente do Dínamo de Kiev, Tchê Tchê será novamente titular, mas já adiantou que dificilmente vai suportar os 90 minutos. Diante do Botafogo, ele foi substituído por cansaço aos 41 minutos do segundo tempo.

No treino desta segunda-feira, fechado à imprensa, os reservas participaram de treinos físicos no CT da Barra Funda. Os titulares fizeram exercícios de regeneração.

Para o segundo compromisso, Cuca terá apenas dois dias de preparação (segunda e terça-feira). Nesse curto período, o treinador tentará melhorar o entrosamento da equipe, principalmente no meio campo tricolor. “Temos que trabalhar mais a nossa saída de bola. Às vezes, a gente confunde algumas coisas. Uma saída de bola quebra uma linha de marcação do adversário, então temos que trabalhá-la mais”, concluiu.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.