Rick Rycroft/AP
Rick Rycroft/AP

Após longa viagem, Austrália cancela primeiro treino no Brasil

Delegação alega cansaço dos jogadores após 22 horas de voo

Natália Devens, Agência Estado

29 de maio de 2014 | 18h23

VITÓRIA - Após desembarcar no aeroporto de Vitória (ES) por volta das 21 horas da noite anterior, tornando-se a primeira seleção da Copa a chegar ao Brasil, a seleção australiana decidiu cancelar o primeiro treino, que estava previsto para acontecer nesta quinta-feira. A justificativa foi o cansaço dos jogadores, após mais de 22 horas de viagem e três escalas de voo.

Assim, o dia foi de descanso para a seleção da Austrália nesta quinta-feira. A comissão técnica priorizou atividades regenerativas na piscina e na academia do Hotel Ilha do Boi, onde a delegação está hospedada em Vitória.

Para se ajustar à diferença de 13 horas de fuso horário, os jogadores australianos tentaram descansar, mas alguns tiveram dificuldades. Pela internet, o goleiro Eugene Galekovic postou uma foto às 5 horas da manhã desta quinta-feira dizendo que não conseguiu dormir.

Segundo um segurança do hotel, alguns jogadores foram vistos na academia durante a madrugada. Pela manhã, atletas também circularam pelas dependências do local e postaram fotos da vista privilegiada da Ilha do Boi.

Já no Estádio Engenheiro Araripe, em Cariacica, região metropolitana de Vitória, onde a equipe vai treinar, a manhã foi de últimos reparos para receber os australianos - a primeira atividade no local será, portanto, nesta sexta-feira.

Jornalistas da Austrália e membros da delegação estiveram no estádio durante a manhã desta quinta-feira. Todo modernizado, com novo gramado e com área construída para a imprensa, o local agradou aos australianos.

Segundo o diretor de comunicação da Federação de Futebol da Austrália, Kyle Patterson, além do estádio, os australianos estão muito satisfeitos com as instalações do hotel e com a cidade de Vitória.

"Eu estive aqui em setembro do ano passado e obviamente que muito trabalho foi feito aqui. Nossos treinadores chegarão em breve para ver o campo e acredito que eles ficarão encantados. É muito importante para nós ter uma área separada para treinamento dos goleiros. O fato de termos nossas cores no estádio realmente nos faz sentir em casa e isso é muito importante para os jogadores", afirmou Patterson.

Ele também ressaltou que os atletas estão bem fisicamente e preparados para a Copa do Mundo. No sábado, um treino aberto ao público será realizado pela seleção australiana, com três mil ingressos disponibilizados. Com o início das atividades, o técnico grego Ange Postecoglou terá a oportunidade de observar os 27 convocados em campo. Na segunda-feira, ele vai divulgar a lista final, com 23 jogadores para a Copa.

A Austrália estreia em 13 de junho na Copa, contra o Chile, em Cuiabá. Depois, ainda enfrenta Espanha e Holanda na primeira fase da competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.