Após longa viagem, Lucas se junta ao elenco em Loja

O São Paulo leva a sério a Copa Sul-Americana deste ano, sonhando em conquistar uma vaga na Copa Libertadores do ano que vem. Por isso, vai com força máxima para a pequena cidade de Loja, no interior do Equador, onde a equipe vai jogar com a LDU de Loja, nesta quarta-feira, no seu primeiro confronto internacional na competição.

AE, Agência Estado

25 de setembro de 2012 | 15h32

A delegação já está toda na cidade onde acontecerá o jogo, após uma maratona de mais de 20 horas de viagem. O grupo saiu de São Paulo, foi para Bogotá (Colômbia), Guayaquil, Cuenca e finalmente Loja, sempre no Equador.

O último a viajar foi Lucas, que participou de um evento de um patrocinador na segunda-feira e só depois embarcou rumo a Loja. Foi de helicóptero até Guarulhos, passou por Bogotá, Quito, Cuenca, e só nesta terça-feira à tarde chegou em Loja.

A viagem, curiosamente, é só a segunda para fora do País que Lucas faz pelo São Paulo. A primeira foi para pegar o Libertad, no Paraguai, pela Copa Sul-Americana do ano passado. "Jogar fora do país sempre é muito complicado, tem a questão da viagem, que é sempre desgastante. Mas o nosso elenco é bom e tem condições de brigar de igual para igual com qualquer um. Vamos lá para tentar essa vitória", disse Lucas, acostumado às viagens com a seleção.

Um dos líderes do elenco, ele reforça a importância de o São Paulo chegar ao título da Sul-Americana. "É o caminho mais curto para o nosso time conquistar um título este ano e também uma vaga na Libertadores. Na minha opinião, também temos de priorizar essa competição. Vamos buscar uma vitória para seguir vivo no torneio e fazer o segundo jogo mais tranquilos", completou o são-paulino.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.