Alexandre Vidal/Flamengo
Alexandre Vidal/Flamengo

Rodrigo Caio aponta 'orgulho' por disputar final da Libertadores

Após deixar o São Paulo em situação ruim, zagueiro renasce no Flamengo

Redação, Estadão Conteúdo

19 de novembro de 2019 | 19h33

Rodrigo Caio chegou ao Flamengo no início do ano com a intenção de retomar a carreira, após um período ruim no São Paulo. Em entrevista, nesta terça-feira, o zagueiro revelou a emoção com a possibilidade de ganhar os títulos do Campeonato Brasileiro e da Copa Libertadores no fim de semana.

"É um orgulho imenso, por tudo que vivemos este ano. É a realização de um sonho, realização profissional. Mas estamos focados, cabeça precisa estar tranquila. Sabemos do trabalho que fizemos e o que representa. É uma satisfação imensa, mas vamos com tranquilidade, com paz interior para fazer o melhor em campo", disse Rodrigo Caio, de 26 anos, na véspera da viagem do time do Flamengo para Lima, no Peru, para a disputa da final contra o River Plate, no sábado.

"Sabemos da rivalidade entre Brasil e Argentina, da grandeza desse jogo. Normal ter catimba, principalmente pela equipe deles, pela forma que jogam. Mas aqui tem jogadores experientes. O que aconteceu em alguns jogos, temos de ter atenção redobrada porque não podemos perder nenhum jogador. Temos de nos concentrar em fazer somente o que a gente sabe", afirmou o defensor, que relembrou a expulsão de Gabriel na vitória sobre o Grêmio, domingo, em Porto Alegre. "Isso já foi falado e ele entende o que fez. É jovem, e vem crescendo. Vai aprender a cada dia. Estamos aqui para um ajudar o outro. O foco vai ser total".

Para Rodrigo Caio, o Flamengo passou por vários momentos difíceis na temporada, que serviram para amadurecer o grupo e torná-lo ainda mais forte. "Tudo é aprendizado, procuro encarar assim. Contra o Botafogo foi um aprendizado grande, parou o jogo praticamente os 90 minutos. Contra o Vasco, tivemos momentos de desatenção e tomamos quatro gols. É inaceitável, mas encaramos como aprendizado para chegar a esse jogo o mais preparado. O time está preparado para todas as dificuldades do jogo."

Além da final da Libertadores no sábado, o Flamengo poderá se sagrar campeão do Brasileiro sem jogar no domingo. Basta que o Palmeiras não vença o Grêmio, em Porto Alegre, pela 34.ª rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.