Divulgação
Divulgação

Após mais uma vitória, Santos espera manter subida na tabela

Jogadores dizem que ainda não estão satisfeitos com a boa fase

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

08 de agosto de 2015 | 23h06

A vitória por 3 a 0 sobre o Coritiba fez com que o Santos chegasse aos 20 pontos e abrisse seis pontos de diferença para o Goiás, melhor time dentro da zona de rebaixamento. Entretanto, apesar do resultado positivo e do fato de se distanciar dos quatro primeiros, os jogadores santistas deixaram a Vila Belmiro afirmando que não estão satisfeitos e que ainda corre riscos.

"Estamos longe de onde queremos chegar, mas demos uma respirada. Agora temos que manter o ritmo. Estamos crescendo e a obrigação, pela grandeza do nosso time, é estar na parte de cima da tabela", disse o meia Lucas Lima, um dos destaques na vitória sobre o time paranaense.

O atacante Ricardo Oliveira, autor do terceiro gol, lembrou que na quarta-feira o time já tem mais um "confronto direto" na luta para se distanciar dos piores colocados na tabela. "Agora é descansar e recuperar para o jogo de quarta, contra o Vasco. Será mais uma partida duríssima. Apesar do placar dilatado, o Coritiba veio aqui e pressionou a gente. A equipe do Vasco vai oferecer muita dificuldade", projetou o artilheiro do Brasileiro, com dez gols marcados.

Apesar do alerta, Ricardo Oliveira respirou aliviado. "Foi importante para abrir distância de quem está lá embaixo, mas nosso objetivo é jogo após jogo. Vencemos um adversário fundamental e aproveitamos o fato de estar em casa", analisou o atacante.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos FCFutebolBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.