Stringer/Reuters
Stringer/Reuters

Após mortes, liga de futebol do Egito será retomada no dia 30

Partidas serão disputadas sem a presença de torcedores

Estadão Conteúdo

18 Março 2015 | 13h33

As autoridades egípcias anunciaram nesta quarta-feira que a liga nacional de futebol será retomada em 30 de março, com as partidas sendo disputadas sem a presença de torcedores, com os portões fechados dos estádios. O futebol está paralisado no país desde o mês passado, após um tumulto envolvendo policiais e torcedores provocaram várias mortes no Cairo.

Em um comunicado divulgado após a sua reunião semanal, o Conselho de Ministros disse que uma comissão composta pelos Ministérios do Interior, da Juventude e Esportes, bem como a Associação Egípcia de Futebol, concordou em reiniciar o campeonato nacional.

As autoridades dizem que pelo menos 19 pessoas morreram no dia 8 de fevereiro, quando a polícia disparou bombas de gás lacrimogêneo contra uma multidão de torcedores que estavam em um estreito corredor, tentando entrar no Estádio da Defesa Aérea, no Cairo, para assistir a partida entre Zamalek e ENPPI. Muitas pessoas morreram sufocadas ou por esmagamento.

Foi o pior ato de violência ligada ao futebol no Egito desde 2012. Naquele ano, 74 torcedores morreram durante um tumulto ocorrido em um estádio da cidade de Port Said, no Canal de Suez.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.