Após mudanças na A1 e a na A2, terceira divisão do Paulista também muda degola

Da mesma forma como ocorreu no Paulistão e no Paulista da Série A2, o Conselho Arbitral da terceira divisão (A3) estadual também ampliou para seis o número de clubes rebaixados e reduziu para dois o total de times que vão conquistar o acesso na sua edição 2016. Pelo que ficou definido em reunião nesta terça-feira na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF), a disputa acontecerá de 31 de janeiro a 15 de maio.

Estadão Conteúdo

10 de novembro de 2015 | 21h05

A fórmula de disputa será semelhante à de 2015 - as exceções são os números de rebaixados e promovidos, que até este ano eram quatro cada um. Na primeira fase, os 20 times jogarão no sistema de pontos corridos, todos contra todos e em turno único. Ao final da fase, os oito melhores se classificam à próxima etapa, enquanto os seis últimos serão rebaixados à Segundona de 2017.

Na segunda fase, os oito classificados serão divididos em dois grupos de quatro times cada, que se enfrentarão no formato de quadrangular. Essas quatro equipes se enfrentarão dentro da própria chave, no sistema de turno e returno. Ao final da sexta rodada, os líderes de cada grupo serão promovidos e disputarão a final.

SEM MUDANÇAS - As demais regras do Paulista da Série A3 serão uma "cópia" das duas divisões superiores. Assim como no Paulistão e na Série A2, a terceira divisão estadual continuará tendo uma limitação de 28 jogadores inscritos, sendo 25 de linha e três goleiros. Os mesmos só poderão ser substituídos em caso de lesão, com apresentação de laudo médio. O prazo de inscrições irá até 4 de março.

Outro ponto semelhante às duas divisões de cima é a nova regra para troca de treinadores. Na Série A3, um clube também está proibido de contratar técnico de um rival da mesma divisão.

OS PARTICIPANTES - Havia dúvida sobre a participação do Atibaia, que subiu para a Série A2, mas só tem estádio para três mil torcedores. Por isso, perdeu a vaga para o Barretos. Mas o clube confirmou sua participação na Série A3. O Guaratinguetá também foi confirmado, apesar de ainda depender de laudos técnicos do estádio municipal Dario Rodrigues Leite.

O Guaratinguetá, aliás, estará em 2016 na terceira divisão estadual e também nacional (Série C). Comercial (Ribeirão Preto), Grêmio Barueri e Noroeste (Bauru) são outras equipes que recentemente estiveram na elite e agora estão na A3. Destaque também para Nacional, Inter de Limeira e São José, clubes de tradição no Estado.

Vão participar da competição: Atibaia, Catanduvense (Catanduva), Comercial, Fernandópolis, Flamengo (Guarulhos), Grêmio Barueri, Grêmio Osasco, Guaratinguetá, Inter de Limeira, Itapirense (Itapira), Matonense (Matão), Nacional (São Paulo), Noroeste, Olímpia, Primavera (Indaiatuba), Rio Preto, São Carlos, São José (vice-campeão de 1989) e São José dos Campos (antigo Primeira Camisa).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPAulistãoSérie A3

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.