Hassan Ammar / AP
Hassan Ammar / AP

Após Mundial, Alisson destaca foco do Liverpool para vencer o Campeonato Inglês

Time não conquista o torneio nacional há três décadas e lidera a edição atual

Redação, Estadão Conteúdo

22 de dezembro de 2019 | 11h53

Após a levantar a taça do Mundial de Clubes de forma inédita ao vencer o Flamengo na final, o Liverpool vai em busca de mais títulos. O goleiro Alisson destacou o foco e a concentração que o time inglês tem de ter para controlar a ansiedade na disputa do Campeonato Inglês, o grande objetivo do clube na temporada.

"A nossa vontade é muito grande, mas a gente tem que ter calma. Liverpool já teve em outras oportunidades a vantagem que a gente tem agora. A gente ainda está na última metade do campeonato. Ano passado bateu na trave, e a gente tem totais condições de vencer esse ano", disse o goleiro brasileiro em entrevista à Rede Globo.

O atual campeão europeu e mundial está perto de acabar com uma espera pelo troféu do Campeonato Inglês de quase três décadas, uma vez que lidera a competição com 10 pontos para o segundo colocado e um jogo a menos. A última conquista do Liverpool foi na temporada 1989/1990, quando o torneio ainda era organizado pela Football League. Dois anos depois, os clubes fundaram a Premier League. Na última temporada, o time do técnico Jurgen Klopp bateu na trave e ficou com o vice, vendo o Manchester City ser o campeão.

Alisson também falou sobre o Flamengo e o futebol brasileiro. Na visão do goleiro brasileiro, o campeão sul-americano e nacional está muito à frente de seus concorrentes no Brasil. Ele disse que a equipe de Jorge Jesus pode servir de exemplo para os outros times, e entende que o futebol brasileiro ainda tem muito a evoluir.

"As outras equipes estão muito atrás do Flamengo, pelo pouco que tenho acompanhado. Existem algumas equipes que estão ali no topo, o Santos, o Palmeiras, o Athletico-PR, que ganhou a Copa do Brasil", avaliou.

"A gente tem trabalhado muito com a seleção para valorizar o futebol brasileiro. Conseguimos vencer a Copa América. Ainda tem longo caminho pela frente, mas a maneira como o Flamengo jogou demonstrou que um time organizado, com bom treinador, com jogadores que se dedicam, que correm, com seriedade, o Brasil pode evoluir muito nisso", acrescentou Alisson.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.