Reuters/Andrew Boyers
Reuters/Andrew Boyers

Após não conseguir acesso, Aston Villa confirma saída de John Terry

Zagueiro de 37 anos está livre para negociar com outros clubes

Estadao Conteudo

30 de maio de 2018 | 15h38

O Aston Villa confirmou nesta quarta-feira a saída do zagueiro John Terry, de 37 anos. O jogador chegou ao clube na temporada passada com a missão de ajudar na campanha rumo a primeira divisão da Inglaterra.

+ Egito diz que Salah ficará no máximo 3 semanas fora e o garante na Copa

Como o time se manteve na segunda e o contrato era de apenas uma temporada, optou-se pela não renovação do vínculo. "Gostaríamos de agradecer o esforço e o profissionalismo mostrado na temporada passada. John é um verdadeiro líder e nos ajudou muito mais do que esperávamos", agradeceu o clube em nota. "Ele era uma pessoa muito popular, com muita influência no vestiário. Um autêntico capitão, que criou uma união especial entre os jogadores e o público", prosseguiu.

Terry foi contratado junto ao Chelsea, onde jogou por 19 anos. E quase cumpriu a missão de levar o Aston Villa de volta à elite. Nas regras do futebol inglês, na segunda divisão, sobem os dois primeiros após o torneio por pontos corridos.

Do terceiro ao sexto, os times disputam semifinal e final. O campeão dessa mini competição garante a terceira vaga. O Aston Villa foi à decisão, mas perdeu por 1 a 0 para o Fullham no último sábado, no estádio Wembley.

"Esperamos que quando Terry olhar para trás, se recorde com carinho do Villa. Desejamos a ele toda a sorte em seu futuro", encerrou a nota. O jogador ainda não informou qual será seu destino na próxima temporada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.