Nilton Fukuda/AE - 30/5/2009
Nilton Fukuda/AE - 30/5/2009

Após nova derrota, Alexandre Gallo é demitido do Avaí

Treinador não conseguiu tirar o time de Florianópolis da zona de rebaixamento

AE, Agência Estado

18 de agosto de 2011 | 15h07

FLORIANÓPOLIS - Alexandre Gallo foi demitido nesta quinta-feira do Avaí. O treinador não se sustentou no cargo após novo revés em casa, desta vez para o Vasco, por 2 a 0. O jogo de quarta-feira foi válida pela 17.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Até a tarde desta quinta, a diretoria do Avaí ainda corria atrás de um substituto.

Gallo assumiu o comando do time em junho. Ele ocupou o posto que era de Silas. Seus esforços para ajeitar o Avaí não foram suficientes para tirar a equipe da zona de rebaixamento. Em 13 jogos como treinador do time, Gallo festejou apenas três vitórias. Sua campanha teve ainda três empates e sete derrotas. Ele deixa o clube na 19.ª colocação, com 13 pontos.

A demissão acontece um dia após o próprio técnico ter afirmado que "é homem" e que não deixaria a equipe do Avaí em uma situação tão delicada. A diretoria não pensou igual. Além dele, também foram dispensados o auxiliar-técnico Maurício Copertino e o preparador físico Elliot Alves.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.